segunda-feira, fevereiro 27, 2006

BAÍA DO FUNCHAL

Image hosting by Photobucket

Embora esteja fora de Portugal e longe do meu arquivo fotográfico não consigo esquecer que o nome deste blog é Funchal e por isso tenho tentado não deixar de colocar, pelos menos todas as semanas, uma fotografia única do da cidade capital da Pérola do Atlântico.

Esta fotografia, ainda de 2005, mostra a baía do Funchal.

sexta-feira, fevereiro 24, 2006

quarta-feira, fevereiro 22, 2006

FICHAS DA IRLANDA - 005 (DUBLIN)

Image hosting by Photobucket
St John's Church

Dublin 4 é conhecida como a Embassy Belt que traduzido para português literalmente seria a cintura de embaixadas.

ENERGIA NUCLEAR EM PORTUGAL

Image hosting by Photobucket

Como não temos grandes recursos e depender de combustíveis fósseis apenas ou essencialmente não parece muito produtivo deveríamos começar a pensar seriamente no nuclear. Quando se fala no nuclear apenas se fala negativamente mas o perigo não está na tecnologia está na maneira como a usamos.
Conduzir um carro não é perigoso, imaginem quantas pessoas conduzem carros todos os dias a toda a hora. O que pode ser perigoso são as pessoas que conduzem.

O artigo da Wikipedia explica mais em detalhe o significado da Energia Nuclear.

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

NATAL NA MADEIRA III

Image hosting by Photobucket

Esta é a Rua Fernão de Ornelas. Uma das ruas mais conhecidas da cidade do Funchal e também uma das primeiras que em criança conheci pelo nome. Sempre movimentada aos dias de semana e cheia de lojas bem conhecidas por nela se localizarem. Por exemplo o Jornal da Madeira e a Rádio Jornal da Madeira funcionam nesta rua. A TSF-Madeira tem uma loja nesta rua. Recentemente a rua foi remodelada passando os passeios a serem mais largos mas ainda assim ficando uma faixa de circulação para automóveis e outra para estacionamento. Deveríamos ser no entanto mais agressivos quando se trata de conforto dos peões e da remoção do carro do centro da cidade. A cidade é pequena e tem um enorme potencial e deixar que a invasão do carro das últimas décadas continue é um crime. Na minha opinião esta rua tinha todas as condições para ser fechada por completo. A mobilidade dentro da cidade tem de ser eficaz e do ponto de vista do tamanho somos suficientemente pequenos para ter acesso a pé a todo o centro da cidade ou então via transportes públicos.

Esta fotografia foi tirada no Natal de 2005. Todos os anos as iluminações de natal alegram um pouco mais as já alegres ruas do Funchal. Mais nos últimos anos, começaram a variar de ano para ano as iluminações.

terça-feira, fevereiro 14, 2006

FICHAS DA IRLANDA - 004 (DUBLIN)

Image hosting by Photobucket
Merrion Strand

Segundo o que li em material turístico Dublin celebrou o seu milénio em 1988 mas esteve inabitada por mais de mil anos. Segundo o mesmo documento há provas da presença humana em Dublin desde tempos mesolíticos. Estou a imaginar o homem primitivo a beber uma cervejola naquilo que seriam os primeiros pubs pré-históricos.

segunda-feira, fevereiro 13, 2006

sexta-feira, fevereiro 10, 2006

RECOMENDAÇÕES PARA ESTADIAS MAIS LONGAS

Algumas recomendações para quem passa por um país mais do que alguns dias. Encontrei-as num guia turístico mas merecem alguns comentários para além da simples transcrição da receita para lidar com o choque cultural.

1. Faça a sua pesquisa.
Comentário: convém saber onde está, saber um pouco da história do país, da sua geografia, da sua língua.

2. Mantenha uma mente aberta.
Comentário: não é preciso viajar para outro país para seguir esta recomendação, parece-me válido para qualquer situação ou pelo menos para muitas situações.

3. Aprenda a língua.
Comentário: não convém ficar prisioneiro dos seus compatriotas por muito simpáticos que eles sejam ou por muito fácil que seja não sair do seu círculo de conforto. Atreva-se a aceitar convites para eventos onde vão estar pessoas que não conhece mesmo que sejam pessoas com quem ainda não se sinta confortável ou com quem ache que nunca se sentirá confortável, essas situações não passam de eventos e o esforço de algumas horas pode ser uma boa escola ou para não repetir ou para aprender a tornar uma situação desconfortável numa situação confortável.

4. Saia e fique fora de casa.
Comentário: esforce-se por se misturar e não tem de perder alguma coisa com isso.

5. Não faça comparações.
Comentário: o seu país é o seu país e este é outro. Como diria o outro, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

6. Seja flexível.
Comentário: é inevitável que o plano eventualmente não corra como foi idelizado mas isso não quer dizer que ele não chegue ao fim com um bom resultado.

7. Espere ser rotulado.
Comentário: isso acontece dentro do nosso próprio país não havia de acontecer lá fora? Uma pessoa por ser natural de onde é muitas vezes é colocada numa prateleira, num armário de comportamentos. Existem muitas pessoas para além daquelas que nos colocam rótulos. Diferentes pessoas vão colocar-nos diferentes rótulos, logo não há que se preocupar, cada um de nós é muito mais que os rótulos que nos tentam colocar, mas muito mais mesmo. O melhor mesmo é deixá-los falar. Deixa a merda sair toda. O estar calado também é rotulado mas é menos cansativo do que tentar mudar aquilo que outros pensam de nós.

8. Veja e aprenda.
Comentário: certamente os ciclos de desconforto são os períodos da nossa vida onde mais rapidamente se cresce e evolui. Aproveite a sua estadia para ver coisas diferentes e deixe a poeira assentar.

9. Inclua a sua família.
Comentário: e porque não trazer a sua família ou os seus amigos para o sítio onde está a viver? Com o tempo as pessoas aprendem a viver longe das outras de quem gostam e é muito fácil ter uma vida de PESSOAL. O PESSOAL são aqueles que gostam de viver vidas de rebanho, acham que não têm escolhas, então seguem o rebanho. Voltando ao assunto inicial já que pretendo voltar a este assunto do PESSOAL mais à frente, noutra oportunidade, talvez ainda em 2006, convém fazer os possíveis para manter as relações alimentadas.

10. Divirta-se.
Comentário: acima de tudo. Mesmo os períodos mais difíceis podem ser ultrapassados com alguma ginástica mental. Não se esqueça de aproveitar a sua presença noutro país. Sejam os seus planos para ficar ou ir embora após alguns meses ou anos tenha sempre presente que o tempo é a sua maior riqueza. Aquilo que faz com o seu tempo só a si lhe diz respeito. Repare que a sua conta bancária pode aumentar até ao infinito mas as horas de um dia são fixas, não aumentam, por isso se diz que o tempo é mais valioso que o dinheiro.

quarta-feira, fevereiro 08, 2006

FICHAS DA IRLANDA - 003 (DUBLIN)

Image hosting by Photobucket
Merrion Strand

Todas as ruas em Dublin têm dois nomes: em cima o nome em irlandês e em baixo, o nome em inglês. Isso acontece não só nas ruas mas em todas as placas informativas. O nome irlandês para a cidade de Dublin é Baile Átha Cliath (Town of the Hurdle Ford).

Os irlandeses são obrigados a aprender, na escola, a língua irlandesa mas em geral não a falam em casa, nem com a família nem com os amigos.

terça-feira, fevereiro 07, 2006

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

FICHAS DA IRLANDA - 002 (DUBLIN)

Image hosting by Photobucket
Ailesbury Road

A Ilha da Irlanda está dividida em quatro províncias: Ulster, Leinster, Munster e Connaught.

Dublin fica em Leinster. Cada província está por sua vez dividida em condados e Leinster tem doze.

sexta-feira, fevereiro 03, 2006

PRIMAVERA NA IRLANDA E BANANA

Parece que já chegou a Primavera aqui na Irlanda. Ao ouvir uma rádio o animador anunciava o começo da Primavera para o dia 1 de Fevereiro. Pessoalmente não noto diferença. É verdade, o tempo de exposição solar nota-se a aumentar mas para falar a verdade não noto diferença nenhuma nas temperaturas.

Banana a 3 euros o quilo? É uma leviandade!!!