sábado, março 28, 2020

QUINTA DO LORDE

QUINTA DO LORDE - ILHA DA MADEIRA

(Lisboa) Uma parte da Quinta do Lorde fotografada da Capela de Nossa Senhora da Piedade. Recentemente colocada à venda serve neste momento de zona de quarentena para quem chega à Ilha da Madeira.

Referências:
(1) - https://www.dnoticias.pt/madeira/quinta-do-lorde-colocada-a-venda-por-54-milhoes-de-euros-JC5523964
(2) - https://www.dnoticias.pt/madeira/quinta-do-lorde-vendida-por-60-milhoes-de-euros-JF5788092
(3) - https://www.dnoticias.pt/madeira/cidadaos-nao-residentes-serao-obrigados-cumprir-quarentena-na-quinta-do-lorde-LN5953926

sexta-feira, março 27, 2020

AIDANOVA

AIDANOVA - PORTO DO FUNCHAL

(Lisboa) O novíssimo AIDAnova, lançado há menos de dois anos, fotografado aqui no Porto do Funchal em janeiro deste ano. Tem um comprimento de 337 metros e pode acomodar um máximo de 6654 passageiros com uma tripulação de 1646. É muita gente, é uma pequena cidade a flutuar nos mares.

Referências:
(1) - https://en.wikipedia.org/wiki/AIDAnova

quinta-feira, março 26, 2020

CABO GIRÃO

CABO GIRÃO - ILHA DA MADEIRA

(Lisboa) De acordo com o Elucidário Madeirense o Cabo é Girão porque ali findou o giro da primeira exploração da ilha. É um dos pontos de paragem da Madeira. Tem uma vista muito agradável. Recentemente fizeram um miradouro panorâmico, todo moderno, em que as pessoas andam em cima de uma estrutura em vidro, como se estivessem a caminhar sobre o abismo. Creio, não tenho a certeza, que o acesso deve ser pago agora mas não sei qual é o preço.

quarta-feira, março 25, 2020

terça-feira, março 24, 2020

EASYJET

AEROPORTO DA MADEIRA - OE-INA - AIRBUS - A320 214

(Lisboa) Momento captado na tarde do segundo dia do ano, às 16h29m. Nesse momento o A320 da Easyjet de matrícula OE-INA, voo U27586, descolou do Aeroporto da Madeira, rumo ao Porto. Por estes dias não voa, está parado, como muitos outros.

segunda-feira, março 23, 2020

VIBRANT CURIOSITY

VIBRANT CURIOSITY - PORTO DO FUNCHAL

(Lisboa) Este é o Vibrant Curiosity, um mega iate que visitou a Madeira recentemente, em janeiro, nos primeiros dias do ano. Pelo que descobri das referências, este iate não está à venda neste momento nem faço a mínima ideia de quanto custou ou custará um equipamento destes. Deve ser caro. Tem capacidade para 14 passageiros e 26 tripulantes. Foi fotografado no Porto do Funchal no dia 8 de janeiro, mesmo dia em que partiu para Antígua, nas Caraíbas. Chegou dois dias antes de Gibraltar. Tem quase 86 metros de comprimento, ficamos assim a saber que o Ilhéu onde está a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição do Ihéu tem menos que esse comprimento.

Referências:
(1) - https://en.wikipedia.org/wiki/Vibrant_Curiosity
(2) - https://www.superyachts.com/fleet/vibrant-curiosity-4775/purchase
(3) - https://www.boatinternational.com/yachts/the-superyacht-directory/vibrant-curiosity--55429
(4) - https://www.charterworld.com/index.html?sub=yacht-charter&charter=motor-yacht-vibrant-curiosity-hull-y-9005
(5) - http://www.apram.pt/site/index.php/pt/portos/movimento-de-navios?porto=&periodoInicio=2020-01-06&periodoFim=2020-01-08&ordenar=dataChegada&submit=VER#

domingo, março 22, 2020

FUNCHAL

AVENIDA ARRIAGA - FUNCHAL

(Lisboa) Fica na Avenida Arriaga, no quarteirão delimitado pela Avenida Zarco, pela Rua Doutor António José de Almeida e a Rua dos Murças. Para quem vem da Avenida Zarco é o antepenúltimo edifício antes de chegar à Rua Doutor António José de Almeida. Tem uns detalhes que o tornam realmente diferente dos edifícios que o envolvem. Se alguém souber alguma da sua história e queira compartilhar comigo, esteja à vontade. Entretanto mantenham-se a salvo, mantenham-se em casa.

sábado, março 21, 2020

CENTRO DE CIÊNCIA DE MACAU

MACAU - CENTRO DE CIÊNCIA DE MACAU

(Lisboa) Nestes dias de clausura por causa do covid-19 o blogue ajuda-me a continuar a viajar. Sem sair de casa, a minha mente percorre muitos quilómetros que tive a sorte e felicidade de poder fazer. Sem gastar combustível, sem poluir o ar e sem passar muitas horas em aeroportos e aviões. Ficar em casa também tem coisas positivas. Hoje trago nestas páginas o Centro de Ciência de Macau. O centro é da autoria arquitectónica de I. M. Pei. Fica situado na península de Macau, na Avenida Dr. Sun Yat-Sen. É muito grande, tem vários níveis, ou salas, ou áreas temáticas que vamos percorrendo ao longo de uma espiral que se eleva até ao topo do edifício. Não consegui ver tudo na única visita que fiz mas fiquei com muita vontade de lá voltar com mais tempo.

Referências:
(1) - http://www.msc.org.mo/
(2) - https://pt.wikipedia.org/wiki/Centro_de_Ci%C3%AAncia_de_Macau

sábado, março 14, 2020

AIRBUS A340

AIRBUS A340 - CS-TOB - TAP AIR PORTUGAL - LPPT - AEROPORTO HUMBERTO DELGADO - AEROPORTO DE LISBOA

(Lisboa) O ano ainda vai no início e já temos a palavra que o vai marcar. A palavra do ano será covid19, a doença, ou então menos provável por ser mais difícil de memorizar, SARS-CoV-2, o vírus. Um vírus que fez o mundo parar. O Mundo parou e não se sabe ainda por quanto tempo.  Há um ano atrás, a 25 de março de 2019, tirei esta fotografia no Aeroporto de Lisboa de um aparelho que também parou, o A340 de matrícula CS-TOB que a TAP batizou de D. João de Castro. Eram 4 os A340 que a TAP Air Portugal tinha ao seu serviço: o CS-TOA, CS-TOB, CS-TOC e CS-TOD. Todos eles foram aposentados e substituídos por aviões mais modernos e eficientes, os A330 neo. Foi num destes, este ou o CS-TOD, a minha primeira viagem ao Brasil. A primeira viagem de longo curso a atravessar o Oceano Atlântico. O voo estava previsto partir bem cedo de Lisboa, às 9h30m e estava previsto chegar às 17h45m. Partiu em pleno inverno europeu e chegou no verão brasileiro ao Aeroporto de Guarulhos. Era estranho ver as celebrações de natal com aquele calor todo, não tão estranho talvez também porque o natal onde eu nasci e cresci, no Funchal, não é muito frio. Na altura não havia entretenimento individual nestes aviões, havia uma televisão, daquelas antigas, CRT, com aquele ar bem pesado, colocada em cima de assentos. Lembro-me de pensar que não gostaria de ir debaixo da televisão, de cada vez que o avião abanava a televisão abanava também um pouco, parecia que ia partir-se toda. O voo foi tranquilo mas como não estava habituado a voos longos, um pouco aborrecido. Depois com a preparação para a aterragem que começa, grosso modo de meia hora a uma hora antes animei. Ia descer num país novo para mim. Ainda na escada rolante e ouvia alguém a gritar brasileiros por aqui. Era o controle de passaporte. Depois do calor marcaram-me os orelhões espalhados por todo o lado vestidos de amarelo e os muitos cabos aéreos nas ruas que se encontravam todos em postes de madeira. Não sei como fazem manutenção a estas instalações eléctricas. Em algumas ruas vi cabos partidos que chegavam ao alcance de quem estivesse no passeio. São Paulo onde aterrei em Guarulhos tem muito mais que isso, tem a grande Avenida Paulista com os seus prédios altos. Eu sei que há cidades com muitos mais prédios altos que São Paulo mas era uma novidade para mim. Nunca tinha estado numa cidade tão grande, com tantas pessoas. As feiras que cada bairro organiza com os seus pasteis e caldo de cana. Também o sentimento de insegurança é uma realidade que condicionava a minha vontade de explorar. O segundo ponto a explorar, Rio de Janeiro. Uma viagem noturna de autocarro e uma paragem na entrada do Estado com direito a revista pela polícia e direito a ser apontado por uma arma de fogo com lanterna na minha cara. A cidade do Rio é muito mais bonita ao vivo, tem um cenário que nunca mais vou esquecer. Voltaria anos mais tarde ao Rio em trabalho para fazer os mesmos passeios mas nunca visitei a Igreja da Penha, fica para uma próxima. Verdade é que ficou muita coisa por ver e nas viagens posteriores também. Ficam sempre coisas por ver, caminhadas por fazer, pessoas por conhecer.

sexta-feira, março 13, 2020

ZÉ PEDRO

CS-TJL - ZÉ PEDRO - XUTOS E PONTAPÉS - TAP AIR PORTUGAL - LPPT

(Lisboa) Por estes dias não se fala de outra coisa que não daquilo que toda a gente fala. Hoje, vou escrever um pouco sobre outra coisa, ou talvez não. O Primeiro Ministro de Portugal ontem sobre as escolas e o seu encerramento, o encerramento das escolas não se deve ao facto de as escolas serem um local de contaminação, mas pelo contrário, deve-se ao facto de as escolas serem um local de contacto, um local que favorece naturalmente a contaminação. Fiquei confuso mas percebi o contexto e a mensagem. Na imagem de hoje o Airbus A321 Neo da TAP Air Portugal, a sair da pista 03 do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. A TAP batizou este avião em Fevereiro de 2019 com o nome de Zé Pedro, dos Xutos e Pontapés. O destino dele nesta imagem e neste dia 2 de março, não sei. Tal como não sei qual o destino desta crise que se vive neste momento. Ninguém ao certo sabe. Uma coisa que sei é que ninguém o vai aconselhar a viajar nesta altura mas se precisar de viajar mesmo de avião saiba que não é tão perigoso assim como à primeira vista se poderia pensar. Há um estudo de 2017 que o refere e que pode encontrar aqui nas referências deste texto, em baixo. Boa sorte e cuidem-se.

Referências:
(1) - https://www.natgeo.pt/ciencia/2020/02/coronavirus-como-se-propaga-num-aviao-e-o-lugar-mais-seguro
(2) - https://turismo.dnoticias.pt/artigo/12582-ze-pedro-e-tambem-nome-novo-a321neo-tap
(3) - https://www.pnas.org/content/pnas/115/14/3623.full.pdf