domingo, janeiro 25, 2015

TV BLOGUE - DRONANDO NA MADEIRA


(Lisboa) Desta vez o drone de Fábio Silva visita o Paul da Serra, na Ilha da Madeira. O Paul da Serra é um planalto que existe na Ilha. Da última vez que passei por lá a descida da Encumeada estava fechada e tive de voltar ao Funchal, vindo do Porto Moniz, pelos Canhas. Estava um nevoeiro cerrado e as vacas estavam no meio da estrada em muitos pontos.

sábado, janeiro 24, 2015

TV BLOGUE - AEROPORTO DA MADEIRA


(Lisboa) O vídeo deve ter alguns anos, a Air Luxor já não opera nos dias de hoje. Segundo (1) terá falido em 2006. Como o tempo passa. Parece que foi ontem que eles ainda operavam para a Madeira. Nunca fui passageiro da companhia. O vídeo foi disponibilizado por José Rui Aguiar há uns dias atrás.

A pista da Madeira (LPMA) tem uns 2780 metros, medi eu no Google Earth com a minha fita métrica. Segundo (2) é mais ou menos isso mesmo. O avião é um Airbus A330, é dos maiores que visita a pista madeirense. Este da Air Luxor tocou na pista 1200 metros depois do seu início. Ficaram 1500 metros restantes para parar. Os gráficos apresentados em (3) indicam que o comprimento da pista necessária depende necessariamente do peso do avião. O significado do título do vídeo é Dangerous Landing. Não tenho capacidade para dizer se foi perigoso ou não mas é impressionante vê-lo aterrar usando apenas 57% da pista.

Referências:
(1) - http://en.wikipedia.org/wiki/Air_Luxor
(2) - http://en.wikipedia.org/wiki/Madeira_Airport
(3) - http://www.airbus.com/fileadmin/media_gallery/files/tech_data/AC/Airbus-AC-A330-20140101.pdf

sexta-feira, janeiro 23, 2015

LPMA

CS-TOG - BARTOLOMEU DE GUSMÃO

(Lisboa) LPMA é a sigla da ICAO para o Aeroporto da Madeira. Na fotografia, o TAP Bartolomeu de Gusmão (CS-TOG) aproxima-se da pista 05 depois de lhe ter sido dada autorização de aterragem. CS-TOG é um A330. É dos maiores aviões que podemos ver passar na Madeira, e também em Lisboa. Normalmente a TAP escala-os nas visitas à Ilha nas rotas Lisboa-Funchal-Caracas e não são ligações diárias. Ele tocou na pista mais ou menos na zona da fileira de luzes vermelhas/alaranjadas. Existem quatro luzes em cada lado. Travou a fundo e saiu, sem dar a volta na pista na segunda saída desta perspectiva. Precisou de mais ou menos mil e duzentos metros para aterrar. Isto são tudo aproximações grosseiras. Aquelas marcações no asfalto parecem pequeninas mas têm dezenas de metros. Isto de aproximações grosseiras vale o que vale mas como ponto de partida até é um bom ponto de partida.

quarta-feira, janeiro 21, 2015

AS NOVAS VIAS RÁPIDAS


(Lisboa) A fotografia é de outubro do ano passado e regista o estado das obras da Via Rápida Câmara de Lobos - Estreito de Câmara de Lobos.

terça-feira, janeiro 20, 2015

CÂMARA DE LOBOS

CÂMARA DE LOBOS - ILHA DA MADEIRA

(Lisboa) Se observarmos num mapa a parte conhecida como Ilhéu, em Câmara de Lobos não parece ter nada de ilhéu, pelo menos nos dias de hoje, nem sequer de península. O território aparece hoje em dia como parte da Ilha. Mas nem sempre teria sido assim segundo (1). O estar hoje colado à Ilha da Madeira seria resultado de deslizamentos de terras ocorridos há muitos anos atrás.

Referências:
(1) - http://www.concelhodecamaradelobos.com/dicionario/ilheu.html

segunda-feira, janeiro 19, 2015

PORTO SANTO


(Lisboa) O Porto Santo visto de dentro dele, do Miradouro das Flores, em janeiro de 2009, há seis anos atrás.

domingo, janeiro 18, 2015

sábado, janeiro 17, 2015

TV BLOGUE - DRONANDO NA MADEIRA


(Lisboa) A posição no solo da localização do drone se calhar já não é no concelho do Funchal. Mas dá uma perspectiva muito interessante da cidade maior do arquipélago da Madeira. Eu sei que ele está bem alto mas não sei a que distância do chão.

sexta-feira, janeiro 16, 2015

ILHÉUS DA RIBEIRA DA JANELA

ILHÉUS DA RIBEIRA DA JANELA

(Lisboa) Aqueles ali da imagem são os Ilhéus da Ribeira da Janela. Segundo (1) são três. São eles o Ilhéuzinho que não se vê, está tapado pela Madeira, o Ilhéu Comprido e Ilhéu da Ruama. É devido à janela do Ilhéu Comprido que a Ribeira da Janela tem o nome que tem.

Referências:
(1) Elucidário Madeirense